Vontade

Ela é aquela esquina
em rua de muitas esquinas
sem qualquer sinalização.
Cuidado! Preste atenção!
Evite indagar
sobre a sua direção.
Apressados,
muitos passam por ela
sem perceber o sinal…
amarelo.
Alguns,
uns raros,
conseguem dobrá-la.
Tantos vivem dela
sem sequer notá-la!…

Mas como
e por que
ignorar os ilimitados limites
de uma esquina
plena de referências
que reverenciam
marcas, digitais, –
identidade?…

De um lado e de outro…
o outro lado.
E ela… bem ao meio…
a dividir, a provocar,
a inspirar delírios,
devaneios, –
acidentados desejos.

Ponto de desencontros,
a sina dessa esquina
é desdenhar
a curva do possível,
enfadonho ritual de passagem
a dividir o atropelado ir-e-vir
dos sonhos.

ju rigoni (2002)

Visite também Fundo de Mim II, Dormentes e Medo de Avião.

Anúncios
  1. 02/11/2008 às 1:48

    A Internet ou mais especificamente o Blog possibilitou o “renascimento” da poesia, que parecia acabada pelo ” boicote” da mídia convencional e descaso das editoras, mas, permaneceu nos corações e mentes de todos nós, poetas e aficionados.
    Obrigado pelas suas poesias e pelo Blog.

  2. 02/11/2008 às 3:27

    Ju,

    Só você mesma para descrever uma esquina, isto é, o cotidiano mais visto; porém, menos lembrado por todos nós. Quantas conversas não começaram e terminaram numa esquina, até mesmo em esquinas metafóricas.

    “Olá, como vai?/Eu vou indo e você?”, que sabemos não ser uma esquina, mas um Sinal Fechado, mas que me permito usar, também como metáfora, para essa mensagem.

    Saudade do tempo em que podíamos ficar nas esquinas da madrugada conversando com os amigos sem receio de balas perdidas e amigos do alheio…

    Cayero,

    Concordo com sua colocação, pois a internet se tornou mesmo o grande canal para a poesia.

  3. Neo
    02/11/2008 às 8:24

    Poesia renascida e muito bem, obrigado!!
    Parabens pelo texto lindo…
    E dividir o atropelamento dos sonhos é função um tanto quanto dura…

    Beijodo Neo

  4. 03/11/2008 às 6:36

    Que linda poesia, Ju! A vontade, o desejo são mesmo como uma esquina. Estão lá, para nos impôr limites. E afoitos em viver e nos entregarmos, muitas vezes atravessamos a rua sem sequer olhar para os lados, não vemos os sinais de alerta que ela – a esquina – avisa. E assim corremos o risco de sermos atropelados.
    Beijos pra ti e inté!

  5. Samantha
    04/11/2008 às 2:26

    Oi meu anjo da guarda, passando por aqui pra dar um alozinho e me deliciar com suas palavras… tão doces palavras… palavras do fundo da alma
    beijão

  6. 04/11/2008 às 22:32

    Ju,
    Gostei muito da sua visitinha,muito gentil e meiga.Obrigada!!! Eu sinto dor para me alimentar, parece que minha garganta está rspad,dói muito!!!Mas o médico disse que é assim mesmo,aos poucos vai passando.Não vejo a hora!!!!
    Querida, eu gostaria de publicar o poema sobre reticências, vc me permite??? Coloco os créditos, ok??Vc escreve com a alma e eu adoro poesias!!! Me dê um retorno!!!!

  7. 05/11/2008 às 2:23

    Ju, venho pedir desculpas pela minha ausência. Mas não foi desatenção. Faz mais ou menos um mês que estou com uma inflamação na unha do indicador da mão direita, o que tem tornado bastante doloroso qualquer atividade. Por isso sumi e meus blogs andam meio abandonados. Quem está ‘tocando’ o Gritos Verticais é a Rita. Hoje, após inúmeros remédios, a coisa começa a dar sinal de melhora. Já até consigo alguma pouca digitação. Então logo estarei de volta, lendo e comentando. Grato por sua atenção e comentários. Grande abraço, Poetisa!

    André L. Soares.

  8. 06/11/2008 às 4:03

    Olá Jú, hoje é a primeira vez que venho ao seu blog e o adorei, é muito bom mesmo. Você está de parabéns.

    Um grande abraço e muitas felicidades para você.

  9. 06/11/2008 às 4:11

    è sempre um prazer te ler.
    Abraço

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: