Ousadia

flor_baoba

Melhor que escrever poemas
é ler os grandes poetas
e, do encontro com o perfeito,
ainda que a pena não valha,
pensar seu próprio poema.

Melhor que escrever poemas
é ousar escrevê-los.
Amar o verso maltrapilho
como ao filho que esperneia.

Melhor que escrever poemas
é acreditar que os escreve, –
imaginá-los perfeitos
apesar da imperfeição.

Melhor que escrever poemas
É ser do poeta o tema, –
a musa que inspira a paixão
que em palavras transpira.

Melhor que escrever poemas
é neles se descobrir, –
versos “sujos”, imprecisos,
de mal com a simetria.

Melhor que escrever poemas
é com a sua poesia,
que de tão sua incomoda,
sem fórceps, extrair a crítica
e ter certeza: ainda vivo!

Melhor que escrever poemas
é ter na alma a palavra
e nas mãos papel e pena, –
a árvore ainda semente…
E plantá-la tão somente
porque lhe traz alegrias.

ju rigoni (sem registro de data)

Imagem: Flor do Baobá. Foto obtida aqui.

Visite também Fundo de Mim II, Dormentes e Navegando…

Anúncios
  1. 31/08/2009 às 9:57

    Oi, passei pra conhecer seu blog, e desejar boa semana.
    bjs

    aguardo sua visita 🙂

  2. 03/09/2009 às 20:47

    Ah,… tão bom quanto escrever poemas, é ter a felicidade de ler um poema de Ju Rigoni.

    Beijos, Ju.

    Agora vou lá no novo ‘Fundo de Mim’.

    André L. Soares.

  3. 03/09/2009 às 23:35

    Olá Dri!

    Muito obrigada!

    E sim, visitarei seu blogue.

    Bjs e inté!

  4. 03/09/2009 às 23:51

    Olá, André!

    Melhor é saber que foram lidos por um grande poeta que, além de tudo, é um amigo (sempre) generoso.

    Bjs e inté!

  5. 05/09/2009 às 17:50

    Obrigada pela visita e votos de boa recuperação.Belo poema, como sempre:

    (…)
    Melhor que escrever poemas
    é ter na alma a palavra
    e nas mãos papel e pena, –
    a árvore ainda semente…
    E plantá-la tão somente
    porque lhe traz alegrias.

    Chave de ouro…

    Beijos.
    Eloah

  6. 05/09/2009 às 18:25

    Eloah, que bom te ver por aqui. Você sabe quanto admiro sua sensibilidade, sua poesia, especialmente seus sonetos, que eu adoro. Sabes que jamais fui capaz de escrever um único soneto? Não é para qualquer um mesmo não… Quem sou eu?…

    E pra você, minha querida, eu digo que melhor é vê-la totalmente restabelecida, gozando de muita saúde. Continuo, você sabe, na torcida. Deus te abençoe!

    Bjs e inté!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: