Início > Comportamento, Poesia, Reflexão > Um Corte Para a Serra…

Um Corte Para a Serra…

A pedra bruta não guarda só beleza…
A pedra ainda bruta, donzela,
encerra verdades
na dureza das tantas faces
da sua cortante virgindade…

Todos os segredos da tal eternidade,
sob a inocência, a castidade,
dessa pedra pela qual se escraviza e mata.

Perdem-se, no potencial das luzes
da pedra ainda nem lapidada,
a alma e a mente de alguns homens, –
pedras de outra natureza…

Só esses seres,
que se acreditam humanos,
sabem o verdadeiro preço do sorriso da moça,
que diante da vitrine sonha com a gema do anel,
sem saber que seu sonho foi pesadelo de muitos, –
mortos, refugiados, meninos-soldados,
cidadãos com membros decepados…

Ela não sabe,
mas seu desejo
é exibir o terror no dedo…

Toda beleza deve ser olhada,
primeiro,
com os olhos da razão…

Toda beleza deve ser pensada…

ju rigoni (sem registro de data)

Imagem obtida via google.

Visite também

Fundo de Mim II, Dormentes, Medo de Avião e Navegando…

Anúncios
  1. 20/03/2010 às 18:54

    Ju…

    Excelente este teu poema! Senti vibrar a emoção…

    BeijOOO
    AL

  2. 28/03/2010 às 2:41

    Querida, muito obrigado pelas visitas e a gentileza dos comentários, te desejo um lindo domingo!
    beijos

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: