Silêncio!

Tenta-se aprisionar palavras,
mas não há nada mais livre…
Alguns homens fazem uso delas
pensando conhecê-las.
Em verdade,
recusam-se a aprender com elas…

Ainda que muito se escolha,
não haverá palavra
capaz de ignorar palavra.
Censura… é estímulo
e certamente, nelas,
há de gerar mais respostas.
Palavra é espécie
que não extingue sua própria espécie.

Quando postas para fora da estrada
hão de abrir picadas,
descobrir trilhas,
por onde possam trafegar
com sua cada vez mais volumosa
bagagem de significados…

Não há mistério que não reconheçam, –
têm vida pós mortem!
Enlouquecem àqueles que imaginam
que o silêncio imposto
tem algum poder
para aniquilá-las.

Não percebem que é ele
o pulmão pelo qual
hão de respirar
palavras ainda mais poderosas;
não se dão conta
desse útero generoso,
capaz de protegê-las,
nutri-las em força,
para dá-las a novas luzes,
que só serão decodificadas
por aqueles que respeitam
e compreendem
palavras
como a verdadeira
identidade, poder,
liberdade de um povo.

Ssssss!…

ju rigoni (Anos 70)

Imagem obtida Aqui.

Visite também

Fundo de Mim II, Dormentes, Medo de Avião e Navegando…

 

Anúncios
  1. 29/03/2010 às 20:24

    Adorei seu blog! Muito mesmo!!! Acabo de entrar para o mundo virtual. Estou fascinada, descobrindo a internet como um eficiente caminho para interagir e divulgar idéias até então guardadas em cadernos e velhas pastas. Além disso, estou encontrando muitas pessoas com as quais me identifico. Por enquanto não me sinto à vontade pra publicar meus próprios textos, mas chego lá. Então, vamos nos comunicar?
    http://www.nostemposdadelicadeza.blogspot.com/

  2. 30/03/2010 às 21:20

    Anos 70, danada, cheia de palavras, que ninguém podia adivinhar ou conter. É, me lembrei da minha rebeldia, de um tempo distante, nossa, parece outra vida Ju….
    Num certo sentido, tenho alguma saudade. Olha, gostei demais.

  3. 01/04/2010 às 20:55

    Oi, Ju!

    Fico muito feliz mesmo em ler suas palavras. São motivo para ter mais entusiasmo em escrever.

    A sua facilidade em lidar com as palavras é realmente fascinante. E a opinião não é apenas deste que vos escreve. Já indiquei o Fundo de Mim para vários amigos.

    Eu acredito que tenha informado. Agora o Recanto das Palavras está em domínio próprio, em http://recantodaspalavras.com.br
    bjs

  4. 03/04/2010 às 16:16

    Ju, a palavra tem poder. Diz o ditado: a palavra vale prata e o silêncio, ouro. Sou uma tagarela nata, minha boca é mais rápida que meu pensamento, quando me dou conta, já falei. Nem sei o que seria de mim se eu não pudesse me expressar e dizer o que penso. CENSURADA! Não gosto nem de pensar na palavra…
    Beijão, Ju, agora trazendo pra ti chocolates em barra virtuais, aqueles bem grandes!

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: