Início > Comportamento, Poesia, Reflexão > Mi(m) Bordão

Mi(m) Bordão

Eu sou o traste
que pressionado
expõe o grave
da minha corda bamba
vibrando uma nota triste…

Queria tê-lo abraçado mais…
Deveria ter ouvido
também a voz do coração.
Resta-me conviver
com esse desafino…

Perdi meu diapasão…

ju rigoni (1981) – reeditado

foto google

Aqui, o carinho da amiga e poeta Eliane F.C. Lima em forma de poema.


Visite também

Fundo de Mim II, Dormentes, Medo de Avião e Navegando…

Anúncios
  1. 11/05/2010 às 11:30

    muito bom, bacana

  2. 19/05/2010 às 0:37

    Querida jujujuju….vim rapido e vi que tenho muita coisa pra ler. Quero saber se vc tá melhor…. tá?

    paciência tá….
    um beijo bem forte, pra vc se sentir bem quentinha

  1. No trackbacks yet.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: